5 dicas para evitar o divórcio depois da quarentena

Casamento  /   /  Por Casal Em Construção

O mundo está em quarentena. O coronavírus chegou com tudo e tem trazido reflexões a respeito de tudo: nossas vidas, nossas escolhas e o que queremos para o futuro. Lidar com o isolamento pode ser uma tarefa muito difícil para muitas pessoas, sobretudo para alguns casais. Em muitos casos, o divórcio parece se tornar uma realidade cada vez mais próxima, apenas aguardando o fim da pandemia para se concretizar. Mas não precisa ser assim, e nós vamos te mostrar como evitar o fim da sua relação com 5 dicas para evitar o divórcio depois da quarentena.

Como evitar o divórcio depois da quarentena?

Infelizmente, muitos casais sobrevivem ao passar dos anos porque a rotina os mantém afastados grande parte do tempo. Acordam, correm para levar os filhos para a escola, passam o dia (e às vezes a noite) trabalhando e, com sorte, se encontram para dormir. Dessa forma, não sobra tempo para dar importância aos conflitos de convivência e, consequentemente, tudo parece mais fácil de suportar.

Prova disso é a China, que bateu recorde de divórcios em Xi’am, capital da província de Shaanxi, região central da China. Com seus 12 milhões de habitantes, Xi’am e seus advogados especializados nesse segmento de causa encararam uma verdade difícil: nem todo mundo está pronto para entrar em isolamento.

Se a relação com o seu parceiro está com sintomas de divórcio por causa do isolamento social, não se desespere. Nem tudo está perdido, e existem pequenas atitudes que vocês podem tomar. Uma hora, a quarentena precisa acabar, o relacionamento não.

Relembrem os bons momentos juntos

Relembrar os bons momentos que vocês passaram juntos é, com certeza, uma das melhores maneiras de lembrar porque decidiram se casar. Peguem o álbum de fotos, as filmagens do começo do namoro e deem boas risadas lembrando daquela camiseta fora de moda que ele adorava, do corte de cabelo que poderia ter sido evitado ou da viagem que ficou marcada na memória. Além de trazer à memória o quanto vocês já se divertiram juntos, essa pequena atitude vai fazer com que as tensões amenizem por um tempo – e quem sabe até pintar um clima.

Se beijem e se abracem (muito!)

O isolamento social precisa ser do mundo externo, e não entre vocês, viu? Até porque, quanto mais distantes ficamos de alguém, mais difícil fica manter contato físico, e a intimidade começa a escapar entre os dedos. E você já sabe: casal sem intimidade física é só amizade. Por isso, aproveitem que estão passando o dia inteiro juntos e se beijem com vontade, se abracem forte por mais de 20 segundos (essa técnica é muito utilizada aqui em casa!) e não deixem esses momentos apenas para a hora do sexo. Intimidade não tem a ver só com relação sexual, mas também com carinho a qualquer hora. 

Se o distanciamento físico entre vocês já tomou conta, não desista. Há duas coisas que você pode fazer para mudar essa situação:

  • Comece devagar – Se a relação está fria e você tentar, repentinamente, partir para abraços de 20 segundos pode parecer um pouco estranho e talvez até um pouco mecânico, não é? Por isso, comece devagar. Acorde seu parceiro com um bom dia carinhoso, um selinho, um café da manhã despretensioso… Ah, e o selinho vale para vários momentos do dia, tá? Quando vocês perceberem, os beijos mais apaixonados já estarão presentes na relação novamente.
  • Aposte em lembretes sonoros ou visuais – Aqui em casa, nós temos quatro tipos de sininho: o do abraço, do beijinho, do beijão e do sexo. Sempre que um de nós escolhe um deles, é um lembrete para um desses momentos. É uma atitude simples e até divertida para não deixar as coisas esfriarem – ou para reacenderem mais uma vez. Que tal tentar aí na sua casa também?

Se elogiem pelo menos uma vez por dia

Muitos casais começam a se distanciar ou até mesmo chegam a se separar por esse pequeno grande motivo: a falta de admiração mútua. Isso acontece porque a admiração está diretamente ligada à autoestima. Se o nosso parceiro não nos elogia, podemos nos sentir invisíveis, negligenciadas e, nos piores casos, insuficientes. Como seres humanos, nossa resposta instintiva a esse tipo de situação é agir com frieza e rispidez, agravando o problema até que a relação fique insustentável. Por isso, comprometam-se em trocar elogios. Não precisa ser nada muito elaborado. Vale elogiar o cabelo, a comida, o perfume e até as coisas simples que seu parceiro sempre faz de bom, mas que você esquece de elogiar e agradecer.

Se conheçam melhor

O erro de muitos casais é pensar que, devido ao longo tempo de relacionamento, sabem tudo sobre o outro. Se estamos em constante evolução e aprendemos todos os dias com nossos erros e acertos, não tem como sermos a mesma pessoa de 10 anos atrás, concorda? Por isso, troquem perguntas sobre tudo, dos assuntos mais banais aos mais complexos e descubram novos motivos para se apaixonarem um pelo outro. Aqui, você encontra o nosso kit de perguntas para o casal se conhecer melhor do que ninguém.

Nos acompanhe no Instagram

Em nosso Instagram, postamos o ato de amor do dia. Isto é, uma dica para vocês tomarem uma atitude diferente para demonstrarem o amor que sentem um pelo outro. Afinal, a força de um relacionamento está nas pequenas atitudes diárias, não é mesmo?

Comece hoje mesmo a transformar sua relação. As dicas demandam poucos minutos do seu dia e com certeza podem evitar o divórcio que parecia inevitável ao fim da quarentena. Se quiser, você ainda pode participar do nosso grupo no WhatsApp, ou entrar em contato com a gente para um trabalho de educação conjugal mais elaborado. Estamos aqui para ajudar você! 🙂

Confira nosso vídeo sobre o tema no nosso canal do Youtube!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Decidir unir as escovas de dentes traz junto outras responsabilidades. Afinal, viver sob o mesmo...

No começo do namoro tudo é festa. É aquele mundo novo, cheio de novidades, paixão e alegria. A...

A ideia de que só o amor sustenta um relacionamento é tão ultrapassada, que deveria ficar apenas...

Deixe uma resposta