Relato de parto da Priscila – capítulo 1

Filhos  /   /  Por Mônica Japiassú

Passei a gravidez inteira da Priscila achando que ela não passaria das 39 semanas dentro da minha barriga. Afinal, a Amanda nasceu com 39 semanas + 2 dias, e a Letícia, com 38 semanas + 6 dias.

Como eu já tinha lido e ouvido por aí que, depois da primeira gestação, as próximas geralmente duram menos tempo – e o trabalho de parto também é mais rápido -, eu realmente esperava que a Priscila nasceria com 38 semanas.

38 semanas de gravidez

38 semanas de gravidez

17/06/2017 (sábado) – Completei 40 semanas de gestação

“Caramba, a Priscila chegou às 40 semanas dentro da barriga! Como assim? Não disseram que na terceira gestação tudo ia ser mais rápido???”
40 semanas de gravidez

40 semanas de gravidez

Um dia antes eu tinha feito uma ultra, e a médica viu que eu estava começando a perder líquido – o que é normal de acontecer no final da gestação, mas, por via das dúvidas, ela pediu pra eu avisar logo à minha obstetra.

Mandei mensagem pra dra. Isabel (ah, que maravilha essas médicas modernas, que atendem rapidamente por WhatsApp!  :-) ), e como a diminuição de líquido era moderada e eu já teria uma consulta com ela na segunda-feira, ela disse que poderíamos esperar numa boa.

No domingo tentei dar um empurrãozinho, pra ver se a Priscila se animava pra nascer logo, dando uma caminhada na Lagoa. :)

Caminhada na Lagoa

Caminhada na Lagoa

Dando uma forcinha pra Priscila descer. :D

Dando uma forcinha pra Priscila descer. :D

Não sei se isso realmente ajuda ou se é mito, mas não custava nada tentar, né? :) Até completar 39 semanas, eu estava até torcendo pra Priscila não nascer logo, mas depois de completar 40 semanas, eu já estava doida pra ver o rostinho dela e começar a nova fase da nossa vida! :)

Eu conto as horas pra poder te ver, mas o relógio tá de mal comigo...

Eu conto as horas pra poder te ver, mas o relógio tá de mal comigo…

19/06/2017 (segunda-feira)

Por volta de meia-noite (de domingo pra segunda) acordei sentindo uma cólica e logo sorri: “É hoje! Chegou o grande dia! Caminhar na Lagoa funcionou!”

É impressionante como a gente consegue identificar que aquela dorzinha está anunciando que o trabalho de parto vai começar!

Registrei no aplicativo Gravidez+ a primeira contração e fiquei aguardando a próxima, pra ter certeza de que realmente tinha chegado o dia de termos nossa pequenininha em nossos braços.

Começando a registrar as contrações...

Começando a registrar as contrações…

Treze minutos depois, mais uma contração. A dor ainda era fraca e não tinha duração constante, mas eu já tinha certeza de que meu corpo estava fazendo seu trabalho direitinho! A Priscila estava realmente chegando! 😀

IMG_6443

Depois de mais 2 contrações com intervalos de cerca de 15 minutos, acordei o Marcelo e anunciei:

– É hoje que a Priscila vai chegar!

Nunca vi ele levantar tão rápido! 😀

Preferi não ligar para a obstetra logo, porque as contrações ritmadas e com intervalos menores ainda podiam demorar horas pra vir, e era desnecessário já ir para a maternidade naquele momento.

Ficamos deitados na cama, marcando as contrações no aplicativo, e até consegui tirar uns bons cochilos entre uma contração e outra. O intervalo entre elas ficou irregular a madrugada inteira, e a dor estava bem fraca ainda.

Minha consulta com a dra. Isabel estava marcada para as 8h da manhã. Às 6h mandei uma mensagem pra ela:

– Chegou o dia da Priscila! Passei a noite com contrações, mas elas ainda estão com uns 20 minutos de intervalo.

– Estão muito fortes?

– As duas últimas já foram mais intensas que as anteriores, mas não muito fortes.

– Então vá pro meu consultório, pra eu te examinar e ter uma ideia se ela vai nascer logo ou não.

Liguei pra minha mãe e contei que o dia da Priscila tinha chegado, e a vovó ficou toda feliz! Combinei com ela que íamos deixar a Amanda na escola pra fazer prova, e ela ia buscá-la logo depois da prova. E a Letícia ficaria na casa dela.

Como eu imaginava que ainda demoraria, no mínimo, umas 4 horas pra eu ir para a maternidade, não tinha necessidade de ir todo mundo junto para a consulta. Mas as bolsas pra levar para a maternidade já foram pro carro junto conosco. :)

No consultório, ainda esperei mais de 1 hora pra ser examinada, porque a obstetra tinha ido dar alta pra outra paciente antes.

E quando ela me examinou…

– Você está sem dilatação. Vai demorar pra ela nascer, ainda. Talvez seja só amanhã.

Sabe quando cai aquele balde de água fria na sua cabeça?

IMG_6380

Foi assim que me senti… As dores não estavam muito fortes ainda, mas só de pensar em passar mais uma noite inteira sentindo contrações (que certamente estariam mais fortes), bateu aquela insegurança.

Ela continuou:

– Acho melhor você ficar por aqui, fazer um lanche, e eu te examino de novo daqui a 2 horas.

E assim fizemos. Eu e Marcelo fomos lanchar. Quando vinha uma contração, eu tinha que me levantar, ja que sentia menos dor em pé.

Enquanto isso, na casa da vovó, a Letícia não aguentava de ansiedade pra conhecer a irmãzinha! Ela queria gritar pro mundo inteiro ouvir que sua irmã estava chegando!

 

Duas horas depois, entramos na sala de espera do consultório de novo, mas como minhas contrações ainda não estavam muito fortes, fui falando pra médica atender as outras pacientes e me deixar pro final.

Umas 3 horas depois do primeiro exame, fui examinada de novo.

– Ainda não tem dilatação nenhuma. Melhor você voltar pra casa e a gente vai monitorando durante o dia, mas acho que vai ser só amanhã mesmo.

IMG_6381

Ela disse que ia fazer um parto agendado naquele dia às 21h, em outra maternidade diferente da Perinatal (a maternidade que eu tinha escolhido, onde a Amanda e a Letícia também tinham nascido).

Voltei pra casa preocupada com aquela informação. E se as contrações ficassem mais fortes e menos espaçadas justamente no mesmo horário desse outro parto que ela ia fazer?

O Marcelo me tranquilizou, dizendo que ela certamente já tinha passado por isso diversas vezes e ela saberia bem o que fazer se isso acontecesse.

Como a Priscila ainda ia demorar a nascer, a Letícia foi pra escola de tarde, e a Amanda foi pra casa conosco.

===== FIM DO PRIMEIRO CAPÍTULO =====

No próximo capítulo (LEIA AQUI):

  • Como as contrações evoluíram durante a tarde?
  • Será que fui pra maternidade ainda no dia 19 ou fui só no dia 20 mesmo, como a obstetra previu?

Tchan tchan tchan tchaaaannn!!!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Já leu o primeiro capítulo? Não? Então clica aqui e lê antes de continuar! 😉 No decorrer da tarde,...

Eu (Mônica) sempre me interessei muito pela nossa língua portuguesa. Tive muitos incentivos e...

E dessa vez o entrevistador do Diário da Gravidez foi o Marcelo! Clique no play e veja como essa...

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>