Material escolar

Nós babando e elas crescendo  /   /  Por Mônica Japiassú

Material escolar

Ontem fui fazer aquela árdua tarefa de todo início de ano: comprar o material escolar das crianças.

Fui à Casa Cruz e, logo ao entrar, percebi que meu horário de almoço teria que ser estendido: a loja estava lotada!

Tinha mãe sozinha, mãe com filho pequeno, mãe com filha grande, pai guardando lugar na fila enquanto a mãe pegava os materiais, mãe pegando cola universal no lugar de cola branca, mãe pegando tubo de 500g em vez de 90g de cola, avô perguntando o que é TNT, tinha de tudo!

Fui direto ao ponto e peguei a lista de materiais da Amanda: 5 cadernos; caixa de lápis de cor (que já veio com apontador e lápis preto de brinde); caixa de hidrocor; cola; borracha. Peguei também o único item de papelaria da Letícia: 1 caderno de desenho. Perfeito! Fiz isso em 10 minutos!

Então, fui procurar o material para encapar todo o material. A propósito, esse ponto merece um parêntese: ao pegar a lista na escola, vi que elas solicitaram que os livros e cadernos sejam encapados com papel glacê laranja e contact. Logo me imaginei – com toda a minha habilidade – rasgando vários pedaços de papel glacê, no momento de colar o contact por cima. Aí o Celinho teve a brilhante ideia de comprar contact laranja em substituição.

Então, lá fui eu procurar o contact laranja na loja. Vi um totem de contacts de vários tipos, e havia 2 tubos do contact que eu precisava. Ao perguntar ao vendedor como eu faria para pegar a quantidade que queria, ele disse que eu teria que entrar na fila da seção de papelaria. UI! Era uma fila enorme, onde fiquei meia hora apenas para pedir meus 10 metros de contact.

Bem, mas esse tempo todo na fila serviu para me mostrar que devo agradecer à escola das minhas filhas por me dar a opção de pagar uma taxa estipulada para que elas mesmas comprem a lista enorme de material comunitário, utilizado nos projetos que as crianças fazem na escola e em atividades do dia a dia.

Vi várias mães com listas gigantes, riscando cada item que já haviam comprado, e sempre faltando mais! Fiquei conversando com a mãe que estava perto de mim na fila, e ela disse que a lista de material comunitário da escola das filhas dela tem que ser comprada por cada mãe mesmo. Mostrei minha lista pra ela, e ela disse que ficou com inveja e adoraria ter a opção de pagar para a escola comprar tudo.

Enfim, fiquei quase 1 hora na Casa Cruz, mas saí de lá superfeliz por não ter tido que ficar 2 horas lá!

P.S.1: Os livros didáticos da Amanda, eu já havia comprado pelo site da Saraiva. E a Letícia vai utilizar 2 apostilas compradas na escola mesmo.

P.S.2: Fiquei impressionada com a grana alta que desembolsamos com esses materiais todos. Imagino quando a Letícia também tiver livros didáticos! Ui!

Cadastre-se para receber e-mail quando houver posts novos!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Blog renovado! Clique aqui para ir para nosso novo blog! Cadastre-se para...

Blogagem coletiva >> Relato de parto O relato de hoje não é do parto da Amanda (que pode ser visto...

Disney World >> Visto americano – Parte 2 Continuando os posts desta série, hoje farei um resumo do...

6 comentários
 
  1. Edwiges 8 de fevereiro de 2012 at 16:46 Responder

    Esse ano foi a primeira vez que comprei material escolar… foi tb uma maratona, a lista não era nem tão grande, mas fiquei um tempinho na loja, tb foi a Casa Cruz. Me falaram muito bem da Kalunga, mas não fui lá. Eu amo papelaria, comprava as coisas para as crianças e ficava querendo comprar pastas, cadernos e canetas para mim, um perigo… mas consegui me controlar!! hehehehehe.

  2. Tia dinda Paty 4 de fevereiro de 2012 at 09:50 Responder

    Só faltou colocar o nome da escola pra ganhar aquele descontinho na mensalidade! rs

  3. Carlos Marcelo 3 de fevereiro de 2012 at 12:48 Responder

    A conta que pago mais gosto é a de escola e material escolar.
    Aliás, se tem algo q gosto é comprar material de papelaria!
    Quanto a ideia do Contact, eu credito à Mônica.

  4. Lúcia Japiassú 3 de fevereiro de 2012 at 11:25 Responder

    TNT, na linguagem de artesãs, é “Tecido Não Tecido” (e não explode) 🙂

  5. José (pai da Mônica) 3 de fevereiro de 2012 at 11:19 Responder

    Um avô explica o que é TNT: é trinitrotolueno, um explosivo utilizado para fazer bombas.
    Mas para quê a escola pede um explosivo?

  6. Dany 3 de fevereiro de 2012 at 11:13 Responder

    Mô nem me lembre do gasto com livros!! a lista de material pedagógico eu paguei na escola tb e o resto comprei no começo de janeiro qdo estava tudo calmo e consegui ver com calma. E na mesma papelaria onde comprei os cadernos paguei 3 reais + papel contact para uma “mão santa e iluminada” encapar:) sem chance que eu consiga! gastei uma grana com os sem lá qtos livros e cadernos, mas não matei ninguém de nervoso e nem estraguei todo contact tentando,né?:)
    bjos Dany

Deixe uma resposta