Comemoração de 10 anos de casamento: viagem a Cancún!

Casamento, Viagens  /   /  Por Mônica Japiassú

Como contei em outro post, completaremos 10 anos de casamento no dia 30 de agosto. Contei também que comemoramos com antecedência, fazendo uma viagem a dois.

Inicialmente, pretendíamos viajar em um período que pegasse o dia 30/08, porém, depois de escolhermos qual seria nosso destino – Cancún -, descobrimos que no fim de agosto começa o risco de haver furacões por lá. Por isso, decidimos adiantar a nossa comemoração. Acabou sendo bom porque celebramos também o aniversário do Marcelo lá! 😀

Um brinde ao aniversário do Marcelo!

Um brinde ao aniversário do Marcelo!

Neste post, farei um resumo de tudo que aprendemos sobre Cancún. Depois vou fazendo outros posts contando quais foram as atividades que escolhemos fazer nos dias maravilhosos que passamos lá!

  • Cancún

Cancún tem uma rua imensa, com mais de 20 quilômetros, chamada Avenida Kulkulcan, onde ficam os principais hotéis e atividades da cidade. Quase todos os hotéis ficam à beira do lindo mar azul do Caribe.

Avenida Kulkulcan

Avenida Kulkulcan

Este site mostra um mapa ótimo da cidade, inclusive com preços das tarifas dos hotéis, ao passar o mouse por cima de cada um: http://www.cancunfirstclass.com/mapa-de-cancun-por.asp.

  • Comprinhas

Na Av. Kulkulcan há vários shoppings, alguns com lojas de grifes famosas, além de locais para comprar lembrancinhas típicas. A loja mais famosa para isso é a La Fiesta, que vimos em alguns pontos diferentes.

Loja do Shopping Plaza La Fiesta

Loja do Shopping Plaza La Fiesta

Também dá para comprar presentinhos legais e baratos em farmácias e nas lojinhas dos hotéis.

O centro de Cancún tem uma feira de artesanatos chamada Mercado 28, além de lojas/mercados conhecidos, como Walmart, Sam’s Club etc.

Este guia dá informações sobre os principais shoppings: http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/cancun—compras.jhtm.

  • Locomoção

É muito fácil se locomover de ônibus em Cancún. Para ir a qualquer ponto da zona hoteleira, dá pra pegar qualquer uma das linhas que passam por lá. Para ir ao Centro, basta pegar a linha R2 ou R15. Informações detalhadas aqui: http://viagem.uol.com.br/guia/cidade/cancun—circulando.jhtm.

Ônibus R2 com ar condicionado, que vai para o Centro

Ônibus R2 com ar condicionado, que vai para o Centro

Andar de táxi por lá não é caro, porém eles não têm taxímetro. Portanto, não se esqueça de perguntar antes qual será o valor da corrida.

Também há a opção de alugar um carro lá, mas não achamos necessário, já que as atrações mais distantes oferecem a opção de transporte, buscando e deixando as pessoas no hotel (pagando um valor adicional por isso, obviamente).

  • Pagamentos

Todos os locais lá aceitam a moeda local (peso mexicano) e dólar americano. Geralmente, as pessoas dão o valor em pesos, mas é só você perguntar qual é o equivalente em dólares, que eles informam rapidamente. O ruim é que cada local tem uma conversão diferente. No nosso caso, variava entre 10 e 13 pesos para cada dólar.

Pesos mexicanos

Pesos mexicanos

Utilizamos Visa Travel Money em alguns lugares (mas o Walmart, por exemplo, só aceita até 150 dólares no VTM), além de cartão de crédito internacional e dólares (mas o troco era sempre em pesos mexicanos, neste caso).

  • Fuso horário

Na época em que estávamos lá (julho), a diferença era de 2 horas a menos que o horário de Brasília.

  • Idioma

O idioma falado é o espanhol, mas a maioria das pessoas também fala inglês, e alguns arranhavam um portunhol quando não entendíamos o que eles falavam. 🙂

  • Atividades diurnas

Existem muuuuuitas opções de atividades para fazer durante o dia. Na praia ou na lagoa, dá para andar de jet-ski, parasail, windsurf, lancha, caiaque, fazer mergulho, dentre outras atividades.

Atividades no mar

Atividades no mar

Há vários parques e ilhas próprios para passar um dia inteiro: o Xel-Há é um parque ecológico, onde você pode mergulhar e nadar com várias espécies marinhas (inclusive golfinhos), além de brincar de Tarzan nas atividades com cordas; o Xcaret também é um parque ecológico lindíssimo, que exibe muitas espécies marinhas exóticas e é tido como uma das melhores atrações de Cancún; o Xplor é um parque com atrações mais radicais, como tirolesas, passeio em carro-anfíbio, exploração de cavernas com muitas estalactites etc.

Descida de tirolesa no parque Xplor

Descida de tirolesa no parque Xplor

Além dos parques, há ilhas com praias lindíssimas nas redondezas (mas mais distantes de Cancún), como Cozumel, Isla Mujeres e outras.

  • Atividades noturnas

Cancún tem uma vida noturna agitada, com várias boates e bares interessantes, como Coco Bongo, Señor Frogs, The City, dentre outras.

Coco Bongo: discoteca e shows

Coco Bongo: discoteca e shows

Há também os passeios noturnos em barcos, como o Captain Hook, que víamos passando todos os dias no mar, com música alta, muitas luzes e muita animação.

Navios com discoteca e muita animação

Navios com discoteca e muita animação

Para finalizar, seguem alguns links úteis, com muitas informações sobre Cancún:

 

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Toda virada de ano é a mesma coisa: fazemos listas com váááárias coisas que prometemos que vamos...

Segundo o Instituto Gottman – que faz pesquisas sérias com milhares de casais há mais de 40 anos -,...

Sabe quando você realiza um SONHO que você traçou 4 anos antes e fica EMOCIONADA quando vê o...

5 comentários
 
  1. selene 16 de agosto de 2013 at 23:38 Responder

    Desculpa a palavra saiu errada é moeda em vez de meda. Nossa que bacana. Fico muito feliz por vcs. Quando se faz uma viagem internacional como se faz pra se virar com a moeda do país? como nunca fiz uma dessa tenho receio de uma serie de coisas. Faz-se seguro viagem? Plano de saúde, por que se ficar doente como faz? E como vcs fizeram pra circular por lá sem saber nada de lá? Sabem inglês? Pq eu só escrevo falar é dificil? selene

    • Mônica Japiassú 16 de agosto de 2013 at 23:53 Responder

      Selene, Creio que quase todos os países do mundo aceitem dólares americanos. Para Cancún, que fica no México, levamos dólares e não tivemos problemas. Mas o troco era dado em pesos mexicanos, e aí a gente tinha que confiar que a pessoa estava dando o troco certo para nós. E acabamos usando os pesos mexicanos que recebemos por lá mesmo, em táxis e ônibus. Quanto ao seguro viagem, quando você compra as passagens aéreas ou reserva o hotel utilizando o cartão de crédito, geralmente você recebe um seguro viagem da operadora do cartão, mas é sempre bom confirmar isso antes. E nesse seguro está incluído um valor para gastos com hospital, se for necessário. O pessoal com quem precisamos nos comunicar em Cancún falava espanhol ou portunhol conosco, além de falarem inglês também. Dava para nós falarmos em português mesmo, aí quando eles não entendiam alguma coisa, a gente tentava falar em espanhol (sabemos um pouco) ou em inglês. B-jão!

  2. selene 16 de agosto de 2013 at 23:35 Responder

    Nossa que bacana. Fico muito feliz por vcs. Quando se faz uma viagem internacional como se faz pra se virar com a meda do país? como nunca fiz uma dessa tenho receio de uma serie de coisas. Faz-se seguro viagem? Plano de saúde, por que se ficar doente como faz? E como vcs fizeram pra circular por lá sem saber nada de lá? Sabem inglês? Pq eu só escrevo falar é dificil? selene

  3. Lúcia Japiassú 21 de julho de 2013 at 20:25 Responder

    Vocês merecem isso e muito mais! Que Deus os abençôe sempre! Beijos

Deixe uma resposta