Toque de filha

Nós babando e elas crescendo  /   /  Por Mônica Japiassú

Toque de filha

Você percebe que precisa aumentar a frequência de lavagem do carro quando sua filha pergunta “- Por que vocês trocaram o tapete do carro?” após uma lavagem…

Cadastre-se para receber e-mail quando houver posts novos!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Blog renovado! Clique aqui para ir para nosso novo blog! Cadastre-se para...

Blogagem coletiva >> Relato de parto O relato de hoje não é do parto da Amanda (que pode ser visto...

Disney World >> Visto americano – Parte 2 Continuando os posts desta série, hoje farei um resumo do...

5 comentários
 
  1. Cristiane 31 de maio de 2011 at 17:29 Responder

    deu motivos p pensar que ainda há amor verdadeiro q vale a pena! Bom, minha vida andou tb: eu me formei, mudei de emprego, de cidade, me casei c um namorado de adolescência q realiza os meus sonhos, moro em um lugar lindo, tranquilo e estou agora tentando ter meu primeiro bebê e assim formar minha família, como um dia vi vcs formarem a sua e sempre dizendo algo que naquela época e hj ainda me marcam: “não há sucesso no mundo que compense o fracasso no lar” procuro viver isso todos os dias em minha casa, com meu esposo. Vcs sempre me ensinaram mto sobre casamento, e se Deus quiser breve, c o bebê! Que Deus abençoe vcs em tudo, em todas as coisas. Um grande abraço de quem já se considera sua amiga – Cristiane

  2. Cristiane 31 de maio de 2011 at 17:28 Responder

    Olá a todos vcs! Mônica, é com gosto de nostalgia que eu venho aqui escrever este coment. Eu comecei a acompanhar o Blog de vcs há mto tempo. Não sei direito o ano, mas vcs estavam acabando de arrumar as coisas na casa nova depois do casamento. Eu era uma universitária solitária, sem namorado, doida para casar! E via aquela vidinha de vcs, tranquila, amorosa, verdadeira e pensava: “é isso o q quero p mim!” Depois veio a Amandinha…eu me alegrava com o dia-a-dia de vcs, cada descoberta, cada emoção! e aí acompanhei direto até os 6 meses de idade dela. Passei a acompanhar mto de vez em qdo, depois me desliguei e perdi vcs de vista. Mas nunca pensei de pensar qdo seria minha vez dessas maravilhosas descobertas! Qual não foi minha surpresa ao reencontrá-los ainda no mesmo blog? isso é mto raro hj! e agora tem outra benção, a Letícia, já enorme! me emocionei ao vê-los de novo: foi como reencontrar velhos amigos: unidos, alegres, saudáveis, apaixonados! vc e o Celinho juntos, continuando uma história q sempre me

  3. Manuela Bianchi 28 de maio de 2011 at 10:18 Responder

    Filha observadora
    beijos manu

  4. elaine 25 de maio de 2011 at 12:24 Responder

    Hum! ter uma filha observadora e atenciosa não tem preço!

    bjssssss

  5. Leozinho 25 de maio de 2011 at 10:13 Responder

    Se fosse a minha filha ia falar: EBA Papai! Comprou um carro novo!

Deixe uma resposta