8 coisas que aprendemos este ano: lição 3

Filhos  /   /  Por Carlos Marcelo Bianchi

Lição 3: A felicidade e a realização podem estar no lugar mais inesperado. Dê uma chance para conhecê-lo.

Esta lição foi a Amanda quem nos ensinou. Uma menina que sempre se mostrou esportista e competitiva, dentre tantas opções oferecidas na escola, escolheu… TEATRO!!! “Hein? Ela? Tímida? Você tem certeza?” O instinto mais natural dos pais é a proteção e, com isso, por mais cabeça aberta que sejamos, cometemos um erro que poderia tê-la desestimulado. Rolou um medo de ela sofrer uma frustração e a enchemos de perguntas para mostrar para ela o que lhe aguardava e se não era fogo de palha provocado pela aula experimental.

Não era. E nos impressionou a convicção das respostas. E, depois, a alegria em cada retorno da aula. E, depois, o comprometimento, as preocupações, a ansiedade e o querer tudo perfeito. Sem ela saber, ela aprendeu o que é fazer parte de um grande projeto.

E, depois, na apresentação, em que ela foi impecável, como vocês podem ver aqui, foi de chorar relembrar o início, o momento da escolha. Ela escolheu algo completamente diferente do que sempre fazia e gostava. Foi feliz, se realizou e descobriu um mundo novo!

Leia as lições anteriores:

Gostou desta matéria? Leia estas também!

– Gosta de andar bastante. Já corre, meio desequilibrada. – Adora quando a gente conta de 1 até 10...

– Está andando com firmeza e, em alguns momentos, anda rapidinho, quase correndo. – Começou a ir para...

– Começou a andar. Mas ainda alterna o engatinhar com o andar. – Come muito bem! E chora quando a...

9 comentários
 
  1. selene 30 de dezembro de 2013 at 19:01 Responder

    Viva leticia vcs foram ao vovô Zé tambem. Amanda e Leticia vcs foram presenteadas com os pais e os avós e titios, todos. Parabéns.

  2. GiganteLeo 28 de dezembro de 2013 at 11:38 Responder

    Ainda a verei nas telonas dos cinemas. Anota aí. Quiçá um Oscar. Continue firme Amanda!

  3. GiganteLeo 28 de dezembro de 2013 at 11:35 Responder

    Ainda a verei nas telonas dos cinemas. Anota aí. Quiçá um Oscar.

  4. selene 27 de dezembro de 2013 at 17:46 Responder

    Ei Monica, acho que a amanda foi aprendendo com o vô Zé naquelas apresentações, acho que tudo começou ali? vcs acham tbm? Ela realmente foi demais. Parabéns.

    • Mônica Japiassú 28 de dezembro de 2013 at 12:07 Responder

      Sim, certamente, Selene! As apresentações com o vovô Zé foram essenciais para ela ir aprendendo a lidar com o público e a falar com naturalidade!

      • José (pai da Mônica) 28 de dezembro de 2013 at 12:17 Responder

        🙂

  5. Lúcia Japiassú 26 de dezembro de 2013 at 09:44 Responder

    A Amanda é uma menininha surpreendente e sabe o que quer 🙂

  6. José (pai da Mônica) 26 de dezembro de 2013 at 09:24 Responder

    A Amanda é sensacional!

Deixe uma resposta