Pelos livros que me marcaram, me conheça um pouco

Casamento  /   /  Por Carlos Marcelo Bianchi

Participo de um grupo no telegram sobre finanças (na verdade mais espectador do que participativo mesmo) e o tema da semana foi “(…) qual foi o livro que mais te marcou nos últimos tempos? Qual a principal mensagem do livro para você? (Não precisa ser apenas livros técnicos, podem ser livros de lazer também).”

Fiquei retraído pensando “putz, q livros vou dizer que li? não leio quase nada e não leio nada há um par de anos”. confesso q isso me deixou um pouco para baixo. Bom, talvez espiar o q o pessoal tava colocando de livros “marcantes” pudesse me ajudar. Aí choveu pessoas falando sobre livros de:
finanças pessoais, investimento,s liderança, desenvolvimento pessoal, mindset, economia, saúde, empreendedorismo, espiritualidade, motivação
Se eu estava me sentindo um pouco deslocado, depois disso me senti mais ainda.

Mas, ao acaso, me deu um estalo ao olhar a estante de livros ao meu lado e ver 2 livros que marcaram minha vida e que não tinham nada a ver com finanças, mas inham a ver com lazer: simcity e de exercícios sobre geometria plana! 🤣 Então comecei a falar desses e, depois, vi que montei uma listinha bem legal!

  1. Fundamentos da Matemática Elementar, Vol. 9, Geometria Plana
    Tinha uns 14 anos quando usei este livro de exercícios para me preparar para escola técnica (CEFET-RJ) e amei tanto esse assunto que eu refazia os exercícios como passatempo entre uma matéria chata e outra. Eu guardo ele até hoje porque pretendo refazê-lo na minha velhice, ao invés de fazer palavras cruzadas para manter o cérebro ativo! Sim, é coisa de nerd mesmo! 🤓🤓🤓
  2. Simcity2000 (e Simcity4)
    Entre os 14 e 20 anos, fui apaixonado por esses jogos de simulação de cidades, mas nunca conseguia jogar ele sem trapaça porque sempre ia a falência. 😣 Então eu comprei os livros para aprender a jogar direito e, curiosamente, foram AS PRIMEIRAS LIÇÕES DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA QUE TIVE NA VIDA, mesmo sem saber: aprendi a gastar menos do que ganhava, aprendi a pensar em longo prazo e ir colocando os recursos somente quando eles se tornam necessários e também aprendi que, no começo, preciso priorizar investimentos que iam me gerar retorno financeiro.
    Ok, na verdade eu curto e jogo até hoje, é meu passatempo preferido hoje em dia. Se alguém quiser trocar figurinhas, é só deixar nos comentários aí embaixo. 😎😎
  3. Pai Rico e Pai Pobre
    Foi o livro que oficialmente abriu minha mente para educação financeira, mas que, curiosamente, eu detestei porque discordei de quase tudo que li, achei que tudo que ele falava não era aplicável ao Brasil! Mas foi exatamente isso que me motivou a buscar livros de autores nacionais e foi assim que cheguei até os livros do Gustavo e Mauro Halfeld que, esses sim, gostei e realmente fizeram diferença na minha vida financeira.
  4. Como falar para seu filho ouvir e como ouvir para seu filho falar
    Tenho 3 filhas e esse livro foi essencial e um divisor de águas na educação e no relacionamento com elas. O livro traz uma abordagem muito diferente sobre como lidar com birras, manhas e conflitos de maneira pacífica, sem embates, sem disputa de poder, sem castigos ou repreensões agressivas. Você lê os exemplos do livro e NÃO ACREDITA que funciona, mas mesmo assim experimentei as técnicas, persisti e inacreditavelmente FUNCIONOU!!! 😮😮😮 O livro é incrivelmente didático, ilustrado e as técnicas servem também para relacionamento com adultos.
    Vou dar um pequeno spoiler do livro, mas recomendo a leitura mesmo para quem não tem filhos: o resumo das técnicas é você se colocar no mesmo patamar da criança/pessoa, no mesmo nível dos olhos e ouvir muito mais do que falar, compreendendo que a dificuldade que para vc parece boba, para a criança/pessoa é um grande problema.
  5. Livros do Christian Barbosa
    Li alguns que me ajudaram muito a gerir melhor o tempo e a priorizar as coisas importantes da minha vida, que realmente me traziam satisfação e realização.
  6. Quer ser feliz para sempre? SEPARE-SE!
    O último livro que li é uma história de ficção que passa muitas lições interessantes sobre relacionamento conjugal. É uma leitura leve de final de semana com muito aprendizado e com uma história muito surpreendente. Infelizmente só está disponível na Amazon, mas está bem avaliado lá e recomendo muito. Se alguém se interessar, o link está aqui: http://www.separe-se.com.br (http://www.separe-se.com.br/)
    Quem nos conhece há mais tempo, sabe muito bem que esse último livro é jabá mesmo! hahahaha! Quem escreveu o livro foi a Mônica. 😍

Enfim, falei resumidamente como cada um me marcou e… EU ME SENTI TÃO ORGULHOSO!!! Eu me senti eu mesmo, único e me identifiquei mais com o que li do que com os outros. Não que os assuntos dos outros sejam inferiores ou não sejam importantes, mas é natural quando vc está num grupo, vc achar q pra segui-los vc tem que ser mais parecido com eles. Eu me interesso por esses assuntos, mas me deu orgulho por ver que eu li exatamente aquilo que eu quis, tive vontade e tem mais conexão com minha personalidade e objetivos.

Cadastre-se para receber e-mail quando houver posts novos!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Ontem vi a notícia do divórcio do Bill Gates. Ele escreveu: “depois de 27 anos de casamento, depois...

Qdo eu era criança, meu sonho era ter a minha família. De tudo que tinha observado e lido até...

Há muitos anos atrás eu aprendi que quando um grande projeto ou sonho dá errado ou deu um nó...

Um comentário
 
  1. José Matos 23 de maio de 2021 at 17:44 Responder

    Maravilha!

Deixe uma resposta