Dicas sobre banho e higiene

Nós babando e elas crescendo  /   /  Por Mônica Japiassú

Dicas sobre banho e higiene

Primeiramente, vou falar sobre o que utilizamos mais e é bom fazer um estoque grande em casa: fraldas, pomada para assadura e algodão.

Nos chás de bebê da Amandinha, pedimos só fraldas Pampers, e gostamos muito delas. Logo que ela nasceu, a Pampers P ficava larga nela, então o Celinho comprou um pacote de Turma da Mônica P, que ficou mais justa nela, e também adoramos! Pra usar durante o dia, até gostei mais da Turma da Mônica.
Existem fraldas noturnas, próprias pro bebê ficar com elas por até 12 horas. Nesse quesito, gostei mais da Pampers. Mas na semana retrasada fez frio por uns 3 dias seguidos e a Amanda acordou com a roupa e o berço molhados, por ter feito muito xixi durante a noite, mesmo com a fralda noturna!

Com relação a pomadas, ganhamos várias Hipoglós, que é a campeã de bilheteria. 🙂 Ganhamos também uma da Johnson’s, que é boa porque não é gordurosa como a Hipoglós, aí dá pra limparmos nosso dedo mais facilmente, porém tenho a impressão de que ela sai mais facilmente também da pele do bebê.
O ideal é não economizar e passar bastante pomada a cada troca de fraldas, pro bebê não ficar assadinho.

Nós utilizamos muuuito algodão para limpar a Amandinha a cada troca de fraldas, além de termos usado quando ela era recém-nascida para passar óleo na cabecinha e nas orelhinhas, que ficam descascando, e para passar álcool no umbigo, até 1 semana depois de cair.
A melhor marca, na minha opinião, é o Apolo em bolinhas. E como a bolinha inteira é muito grande, a gente abre cada uma e parte em duas.

Só usamos lenços umedecidos quando saímos com a Amandinha, e usamos pelo menos 4 a cada troca de fraldas, então o pote acaba rápido. É bom ter vários pacotes estocados. E basta comprar um pote. Depois, é só comprar os pacotes de refil.

Não usamos muito os cotonetes. Usamos mais logo depois que a Amanda colocou brincos, porque tínhamos que passar álcool durante alguns dias nos furos. Atualmente, só uso quando vejo que tem cera no ouvido dela, o que não é muito comum, ou quando limpo os brinquinhos.

Sabonete é algo que dura bastante! Estou no terceiro sabonete desde que ela nasceu, mesmo assim porque abri um Dove Bebê antes do segundo sabonete, que era de glicerina, acabar. O Dove é muito mais cheiroso! Só que ele fica todo molenga depois de usarmos muitas vezes.

Às vezes usamos um sabonete líquido que faz espuma ao ser misturado na água da banheira. É o Johnson’s Baby de lavanda e camomila. É super cheiroso! Dá até vontade de usar em mim! Heheheheh! Na embalagem diz que ele acalma o bebê e é pra ser usado antes de dormir. Não sei se é verdade, porque a Amanda é calma por natureza e tem dormido sempre na mesma hora, usando ou não este sabonete. 🙂

Achamos o termômetro pra água algo meio inútil. Eu pedi um daqueles em forma de tartaruga, que é pouco prático, pois temos que enchê-lo de água e esperar ele dar a temperatura, o que demora um pouquinho. Não sei se todos são assim. Mas a melhor maneira de ver se a temperatura da água está boa mesmo é a nossa mão! 🙂

É bom ter uns 3 ou 4 trocadores de fralda. Nós usamos um em cima da cômoda, pra trocar a fralda da Amanda em casa, e também levamos um na bolsa sempre que saímos com ela. Mas como às vezes ela faz xixi logo que a gente tira a fralda, sempre tem que ter um limpinho guardado.

A Amanda tem 3 toalhas com capuz, e acho que é suficiente. Atualmente, uso a mesma toalha umas 3 ou 4 vezes e coloco pra lavar. A propósito, é bom dizer que temos que secar muito bem todas as dobrinhas do bebê, pra que ele não fique assado.

Paninhos de boca – tenham MUITOS em casa! Levem pra todo lugar que o bebê for! Bebê golfa em qualquer lugar, a qualquer hora, e às vezes dá super-golfadas, aí lá se vão pelo menos 2 paninhos de boca de uma vez mais um banho no bebê e outro na mamãe! 🙂
Minha mãe comprou tecido de fralda a metro e fez vários paninhos de boca e babadores com ele. É o tecido mais fácil de lavar. É só dar uma esfregada embaixo d’água, que a golfada ou a comida sai logo logo. Mas é claro que depois tem que ser lavado direitinho, com sabão de côco líquido.

Por falar em sabão de côco líquido, ainda lavo (ou melhor, a faxineira lava) as roupas da Amanda deixando-as de molho num balde com água e sabão de côco líquido. Só coloco na máquina de lavar as coisas mais resistentes, como toalhas, babadores de ombro (que são feitas pela minha mãe com um tecido atoalhado), lençóis e fronhas.

Nossa, o post ficou enorme! E ainda deve ter coisa que esqueci de falar, mas vou ficando por aqui. Se quiserem saber mais alguma coisa sobre esse tópico, é só perguntar!

Cadastre-se para receber e-mail quando houver posts novos!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Blog renovado! Clique aqui para ir para nosso novo blog! Cadastre-se para...

Blogagem coletiva >> Relato de parto O relato de hoje não é do parto da Amanda (que pode ser visto...

Disney World >> Visto americano – Parte 2 Continuando os posts desta série, hoje farei um resumo do...

18 comentários
 
  1. Paty 16 de agosto de 2015 at 18:38 Responder

    A Manu me mandou esse post agora…. adorei! Tenho q rever o site de vcs todo!!

    • Mônica Japiassú 16 de agosto de 2015 at 20:55 Responder

      Nossa, nem eu me lembro de tudo que já escrevi aqui! Como é bom relembrar! 🙂

  2. Patricia 20 de setembro de 2005 at 10:20 Responder

    Olá
    Minha filha está com 1 mês de vida, e gostaria de saber quando devo colocar o brinquinho nela, e como devo cuidar. Estou morrendo de dó. E
    um abraço
    Patricia.

  3. Mônica Japiassú 23 de maio de 2005 at 10:31 Responder

    Uaaaau! Marco sabe tudo, hein!!

    No início eu usava o cotovelo mesmo, mas depois que pegamos experiência, vai com a mão, que é mais fácil! 🙂

  4. Marco Campelo 23 de maio de 2005 at 10:19 Responder

    “Mas a melhor maneira de ver se a temperatura da água está boa mesmo é a nossa mão!”

    Humm … Mas a Xuxa falou uma vez no Show da Xuxa que o melhor para verificar a temperatura da água para dar banho no bebê era usar o cotovelo, pois a pele é mais sensível ali. Nossa mão é menos sensível que a pele do bebe.

    Depois te passo outras dicas! 😀

  5. Mônica Japiassú 20 de maio de 2005 at 16:28 Responder

    Ciça,

    Pode perguntar o que quiser. Adoro falar sobre os cuidados com a Amandinha! 🙂

    Só usamos 2 marcas de lenço umedecido até agora. Uma era mais molhada que a outra, mas não vimos nem pró nem contra nisso. O lenço umedecido é beeem mais prático que algodão com água, e limpa bem melhor, mas a pediatra recomendou que só usássemos quando não estivéssemos em casa, então estamos seguindo isso. Mas às vezes, quando o bumbum da Amanda chega a ficar amarelo de tão sujo, o algodão não dá conta e usamos uns 2 lenços umedecidos no final da limpeza. 🙂

    Quanto ao sabão de coco, primeiro compramos alguns da marca Coquel. Depois, compramos um outro que não lembro a marca agora, mas é alguma coisa “Baby”, que é mais barato e mais cheiroso que o Coquel. Os dois são bons!

    A gente só usa cueiro pra cobrir a Amanda, no berço, quando está frio, pois os dela são de flanela (nem sei se existe de outro tecido). Se vc for usar pra esse fim tb, acho que uns 4 são suficientes, afinal não faz tanto frio aqui no Rio, né? 🙂

    Se tiver mais alguma dúvida, é só mandar!

  6. Ciça 20 de maio de 2005 at 16:09 Responder

    Mô,

    Qual é a melhor marca dos lenços umedecidos? Vc recomenda algum? E o sabão de coco líquido? Nunca tinha escutado falar?
    Gostei da dica do trocador.
    Vc usou muito cueiro? Acho que uns 6 está bom, né?!

    Vou te entupir de perguntas, viu?

    Beijos,

    Ciça

  7. Bel 19 de maio de 2005 at 23:57 Responder

    A amandinha é muito sortuda de ter uma mãe tão cuidadosa … Parabéns a ela e a você … Beijinhos ,
    Bel .

  8. Cláudia 19 de maio de 2005 at 22:22 Responder

    MôJ, Parabéns pelo seu blog MARAVILHOSO!
    Você dá uma aula de como cuidar de um Bebê!
    Já separei nos meus favoritos e tô arquivando tudo pra quando tiver os meus!!
    Beijos grandes e parabéns pela Amandinha… cada dia mais linda!

  9. Pri 19 de maio de 2005 at 20:42 Responder

    Oi Monica!!! Levei uma aula de como cuidar do bebe! deu ate vontade de ter um! kkkk bjocas, Pri.

  10. Mônica Japiassú 19 de maio de 2005 at 16:09 Responder

    Lilian, eu só fui ver que também existia fralda tamanho RN depois que as fraldas P já ficavam boas na Amandinha.

    Nós não calculamos quantos pacotes precisávamos comprar pq ganhamos muuuuitas nos chás de bebê da Amanda. Então, fomos usando, e quando as fraldas P acabaram, compramos mais.

    No início, a gente tem que trocar o bebê umas 6 vezes por dia, eu acho (não lembro direito. Heheheheh!).

    Atualmente, a Amanda só faz caquinha uma vez por dia, aí trocamos a fralda dela umas 4 vezes por dia. Mas antes de começar a comer papinha, ela fazia umas 2 vezes por dia.

    Acho que o ideal é calcular que no início o bebê usa de 6 a 8 fraldas por dia, e depois, quando já está usando fraldas M, usa uma média de 5 fraldas por dia.

  11. Mônica Japiassú 19 de maio de 2005 at 16:04 Responder

    Kelly, nós só limpávamos na base do umbigo, em volta do cordão que ainda estava lá, pois o resto é tecido morto, então não precisa e nem adianta limpar.

    A gente limpava com algodão. Mas depois que o umbigo caiu, ficou saindo um pouco de sangue por mais 1 semana mais ou menos. Aí, pro umbigo dela ficar limpinho por dentro, também passávamos cotonete, de leve, lá dentro.

  12. Kelly 19 de maio de 2005 at 15:55 Responder

    Mônica, Qual a melhor maneira de limpar o umbigo até cair? Da base pra ponta? Com algodão ou cotonete?

  13. Lilian 19 de maio de 2005 at 08:43 Responder

    Monica, vc nao usou as fraldas de recem nascido? comprou direto a tamanho P??
    vc tem idéia de quantos pacotes de fraldas tamanho P, M G devem ser compradas???
    Pq a de tamalho P o bebe perde logo ne? mas tb deve sujar toda hora…como vc fez para calcular isso?

  14. Nadia 18 de maio de 2005 at 23:37 Responder

    Nossa! Quanto trabalho que dá cuidar de um bebê rs. Mas deve ser muito bom também. Deve ser legal escrever sobre essas coisas. Adoro crianças, por isso escolhi cuidar delas no meu trabalho. 🙂
    Um grande beijo pra família e especialmente pra Amandinha.

  15. Tia Edwiges 18 de maio de 2005 at 22:58 Responder

    Mô, q dicas maravilhosas!! To copiando tudo e salvando para mim.
    Beijos

  16. Vivi Japiassú 18 de maio de 2005 at 17:44 Responder

    Gostei do seu manualzinho, continue completando-o para quando chegar a minha vez eu poder seguir. hehe
    Falando em paninhos de boca, não sei se vcs lembram mas eu qnd era criança tinha muuuuitos e qnd chorava pegava um paninho e minha chupeta hahaha Era viciada naqueles paninhos!!! Muito engraçado!
    bjinhos

  17. Lúcia Japiassú 18 de maio de 2005 at 16:14 Responder

    Mônica, acho que depois que a Amandinha deixar de ser uma bebezinha, você devia imprimir todos esses posts de “dicas”e fazer um “Manual Para Mamães de Primeira Viagem”, pois está tudo muito completinho e detalhado! PARABÉNS

Deixe uma resposta