O You Tube sabe de tudo!

Filhos, Nós babando e elas crescendo  /   /  Por Mônica Japiassú

Como já comentei em outro post, a Amanda tem jogado bastante joguinhos de computador, especialmente o Club Penguin.

Antes de descobrir esse último jogo, ela vinha jogando muito uns jogos do Scooby Doo. Certo dia, como ela não estava conseguindo descobrir como passar de fase, meu pai foi no You Tube, pesquisou pelo nome do jogo e encontrou um vídeo de alguém jogando e mostrando como passar de fase. A Amanda adorou essa descoberta!

Agora, no Club Penguin, quando ela tenta jogar umas missões que são do tipo RPG e não consegue, logo pede pra gente procurar no You Tube como fazer.

Um dia desses, eu estava brincando com ela de luta e a imobilizei (tudo de forma light, claro). Ela me perguntou:

– Como saio daqui, mamãe?
– Não sei, você tem que tentar sozinha!
– Então vou lá no You Tube e escrever “Mônica em cima da Amanda – como sair”.

E conseguiu sair, pois ri tanto que fiquei sem força! Hahahahaha!

Cadastre-se para receber e-mail quando houver posts novos!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Ontem, poucos minutos antes da hora de dormir, a Priscila cismou que queria jogar Wii. Nós...

– Por que vocês quiseram ter filhas?Essa foi a pergunta que eu e Marcelo ouvimos da Lelê, enquanto...

Independente da religião que nossas filhas vão seguir, a gente sempre incentivou elas a rezar, ou...

4 comentários
 
  1. Jeanine 2 de junho de 2010 at 15:48 Responder

    Scooby Doo ainda existe???
    Meus filhos jogavam quando eram crianças!!!
    E já têm 31, 29 e 26 anos!!!
    Beijos

  2. Leozinho 2 de junho de 2010 at 15:45 Responder

    Ih, não vou mais na sua casa não… Agora só tem lutadoras ferozes… kkkkkk

  3. José (pai da Mônica) 2 de junho de 2010 at 14:28 Responder

    Muita gente é contra as crianças jogarem jogos eletrônicos. Realmente, há jogos que são violentos ou idiotizantes, mas esse Club Penguin é bem interessante! As missões exigem raciocínio e uso de lógica, e a Amanda tem se saído bem. Ela só pede que procuremos no YouTube quando não consegue resolver certas tarefas. Mesmo assim, costumamos insistir para que ela tente mais um pouco antes de recorrer ao professor YouTube.

  4. suraya 2 de junho de 2010 at 14:19 Responder

    hahahaha muito esperta! bjs.

Deixe uma resposta