Interessante conclusão

Nós babando e elas crescendo  /   /  Por Mônica Japiassú

Interessante conclusão

Pela terceira semana seguida, fizemos o mesmo teste: de segunda a quinta, a Letícia chegou na creche no colo do Celinho. Ao ver a tia na porta, foi para seu colo numa boa, dando tchau para nós dois com um sorriso no rosto.

Às sextas-feiras, eu a levei no meu colo. Ao chegar na porta e ver a tia, em vez de abrir aquele sorriso e ir para o colo dela, ela virou o rosto e reclamou quando tirei-a do meu colo.

Será que ela sente a ligação invisível do cordão umbilical quando está no colinho quentinho da mamãe? 🙂

Cadastre-se para receber e-mail quando houver posts novos!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Blog renovado! Clique aqui para ir para nosso novo blog! Cadastre-se para...

Blogagem coletiva >> Relato de parto O relato de hoje não é do parto da Amanda (que pode ser visto...

Disney World >> Visto americano – Parte 2 Continuando os posts desta série, hoje farei um resumo do...

3 comentários
 
  1. Suraya Daltro 21 de maio de 2010 at 11:13 Responder

    Comigo acontecia a mesma coisa. Quando eu levava, o Daniel sempre reclamava na hora de entrar na creche/escola. Faz parte! rs Deixar o colinho maravilhoso da mamãe é mto difícil

  2. Cris 21 de maio de 2010 at 11:00 Responder

    Mônica, não desmerecendo os colinhos dos pais, mas é que colo de mãe, em qualquer idade, a gente não troca por nada! 🙂

  3. Leozinho 21 de maio de 2010 at 10:09 Responder

    Não sou psicólogo, mas já li algumas coisas de psicologia, e dizem q nesta faixa etária a ligação da criança é mais forte com a mãe. Justamente a questão ainda do “cordão umbilical”….

Deixe uma resposta