Amanda soletrando

Nós babando e elas crescendo  /   /  Por Mônica Japiassú

Amanda soletrando

Este ano a Amanda tem demonstrado bastante interesse em aprender a escrever.

No fim do ano passado, ainda com 3 anos, ela já sabia escrever todas as letras (em forma e maiúsculas), além de escrever AMANDA, MAMÃE, PAPAI, VOVÓ e VOVÔ.

Não consideramos que devemos adiantar o aprendizado dela, mas achamos devido ensinar essas coisas porque ela pedia e mostrava que estava determinada a aprender.

Este ano ela aprendeu na escola a escrever seu nome em letra manuscrita, além das vogais, tanto minúsculas quanto maiúsculas, e números de 1 a 9.

E, da mesma forma que no ano passado, ela começou a pedir mais do que isso. Ela começou tentando soletrar algumas palavras, e falava apenas as vogais. Por exemplo, ela dizia que “bola” se escrevia assim: O-A. Nós dizíamos que estava quase certo e que ela iria aprender a ler e escrever direitinho na escola, e que nós dois não sabíamos ensiná-la da mesma forma que as professoras.

No decorrer do ano, ela foi demonstrando mais interesse, insistindo em saber como se escrevia algumas palavras e tentando acertar as letras que as formavam. E nós continuávamos mostrando que ela estava acertando só algumas partes da palavra e que ela iria aprender melhor na escola, mais tarde.

Até que um dia ela veio com a história de que não queria ir pra escola no dia seguinte e, para tentar nos convencer, disse que não precisava ir porque já sabia escrever. Então, crentes que íamos vencê-la rapidamente, perguntamos como se escrevia BATATA. E não é que a safadinha soletrou direitinho? Falava cada sílaba, pensava e depois soletrava.

Então, pedimos para ela escrever a palavra CAVALO. E ela também escreveu direitinho, como vocês podem ver abaixo:





Ontem, ela pediu pra dormir na casa da vovó. Quando falamos que não podia porque tinha que ir pra escola hoje, ela voltou com a história de que não queria ir pra escola porque já sabia tudo. Então, o Celinho disse:

– Então me diz como se escreve anticonstitucionalíssimamente.

E ela respondeu:

– Mas eu não sei nem falar isso! (hahahahha!)

– Então como se escreve paralelepípedo?

– P-A-R-A-L-E-L de novo-P-I-P-E-T-O.

– O T está errado. É a mesma letra de DADO.

– D-O.

Ficamos com cara de tacho. Depois dessa, ela até merecia dormir na casa da vovó. Mas ela teve que voltar pra casa e ir pra escola hoje sim! 🙂

Cadastre-se para receber e-mail quando houver posts novos!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Blog renovado! Clique aqui para ir para nosso novo blog! Cadastre-se para...

Blogagem coletiva >> Relato de parto O relato de hoje não é do parto da Amanda (que pode ser visto...

Disney World >> Visto americano – Parte 2 Continuando os posts desta série, hoje farei um resumo do...

5 comentários
 
  1. kelly 5 de novembro de 2009 at 10:45 Responder

    ela não está simplesmente soletrando, está lendo.Vocês tambem prescisam tomar cuidado para não minimizar e desestimular o avanço dela.è assim que crianças inteligentes acabam se encaixando no média baixa: desestimulo para avançar no ritmo próprio.

  2. Marcio Tchumburey 4 de novembro de 2009 at 14:03 Responder

    Eu, quando tinha aproximadamente 1 ano, 1 mês e 12 horas de idade, já soletrava e escrevia com bastante desenvoltura. Quem não acredita é só perguntar a D. Sônia.

  3. Shamira 4 de novembro de 2009 at 03:52 Responder

    Uau, k linda e muito inteligente. Imagino como devem estar orgulhosos. Realmente eh um espanto ela estar ja nesse nivel e por esforco proprio.

    A sara, minha filha, esta com 2 anos mas de vez em quando nos surpreende com palavras que nos nem imaginavamos que ela sabia. Ou as vezes quando eu e o meu marido estamos a contar como foi o nosso dia e ela entra na conversa dizendo como foi o dia dela e conta com detalhes.

    Realmente…

    Bjs

  4. Tia dinda Paty 3 de novembro de 2009 at 22:26 Responder

    huauhauhauhauhahuahuauhaauhuha!!
    É uma pequena notável!!! Minha afilhada!! hahahahahahah

  5. Lúcia Japiassú 3 de novembro de 2009 at 22:23 Responder

    Sem “puxassaquismo” nenhum por ser minha neta: fiquei pasma!!!!!! ela foi pensando e dizendo as letrinhas e nós (Marcelo, Mônica e eu), com caras de bobos, vendo ela ir adiante…EMOCIONANTE!!!!!!!!!! uma pequenininha com 4 aninhos e tão esperta!
    E não é por ser vovó coruja, ela é muito inteligente!
    Ela merecia ter dormido de novo aqui em casa e não ir prá escola…ela é auto didata!

    Beijinhos

Deixe uma resposta