Amanda usando a cachola

Filhos, Nós babando e elas crescendo  /   /  Por Mônica Japiassú

Uma das maravilhas de se conviver com crianças diariamente é perceber como às vezes podemos arrumar soluções simples para certos problemas, se pensarmos como uma criança.

Por exemplo, temos o costume de deixar o vaso sanitário sempre fechado, em casa. Como o assento e a tampa são pesados, sempre dissemos para a Amanda nos pedir para levantar a tampa quando ela quisesse ir ao banheiro.

E assim ela fez até poucos dias atrás, quando resolveu tentar abrir a tampa do vaso sozinha – e conseguiu. Ficou toda feliz, e veio nos contar a novidade!

No dia seguinte, tentou abrir novamente, pra me mostrar, mas não conseguiu, ficando um pouco frustrada. Como a tampa é menor que o assento e é pesada, é difícil mesmo, pois temos que enfiar a pontinha dos dedos por baixo da tampa para abri-la.

Achei que ela tinha desistido de tentar, mas nossa filhinha mostrou que a persistência continua sendo sua marca registrada!

Hoje, ao chegar no banheiro, vi a Amanda abaixando o assento do vaso, devagarzinho (e a tampa estava levantada). Incentivei-a, falando “Uau, que menina cuidadosa!”, e ela me contou que desde ontem tem levantado os dois de uma vez (assento e tampa), e depois abaixa só o assento.

Parece algo simples, pequeno, mas eu não havia pensado em falar pra ela fazer dessa forma, porque já está gravado na nossa mente de adultos o gesto mecânico de levantar só a tampa.

Então, vamos lembrar de tentar limpar a mente e pensar como crianças pra resolver nossos problemas! Se não conseguirmos resolvê-los, é certo que pelo menos vamos arranjar outras formas de tentar solucioná-los!

Cadastre-se para receber e-mail quando houver posts novos!

Gostou desta matéria? Leia estas também!

Ontem, poucos minutos antes da hora de dormir, a Priscila cismou que queria jogar Wii. Nós...

Independente da religião que nossas filhas vão seguir, a gente sempre incentivou elas a rezar, ou...

Acompanhar a linguagem, o ritmo e tudo que rola dos adolescentes sempre foi difícil para os pais,...

7 comentários
 
  1. CIcero 24 de dezembro de 2009 at 18:33 Responder

    Papai Noel, vc roi a unha?
    Rou rou rou!!!!
    😀

    Feliz Natal para a Familia toda. Muitas felicidades, paz, saúde, e que 2010 possa ser um ano de grandes conquistas (Tá,não vai superar 2009… 😉

    Bjs^3 e abs

  2. Mariana 21 de dezembro de 2009 at 22:57 Responder

    Oi Mônica! Minha mamãe também conta sobre meus feitos no blog dela e agora ela criou um para minhas aventuras. Realmente nós crianças sempre surpreendemos os adultos. Cada descoberta minha mamãe e papai acham lindo. A Amanda e Letícia são lindas! Beijokas e FELIZ NATAL!!!

  3. viviane 18 de dezembro de 2009 at 14:33 Responder

    amei a idéia de Amanda…
    se ela não fosse persistênte estaria chamando um de vcs toda vez que fosse ao banheiro.
    Parabéns Amandinha…

  4. José (pai da Mônica) 16 de dezembro de 2009 at 07:47 Responder

    Que raciocínio lógico, hem?
    De qualquer maneira, é melhor trocar o assento, pois se o atual, pesado como é, cair num dedinho dela, vai machucar!

  5. Lúcia Japiassú 15 de dezembro de 2009 at 22:10 Responder

    Essa menininha é surpreendente! a cada dia que passa fico mais apaixonada por ela!
    TE AMO, AMANDINHAAA!!!!!!!

    Beijos no coração

  6. Jeanine 15 de dezembro de 2009 at 20:02 Responder

    Alô família, ao quadrado

    Que bom que vocês, como pais, já descobriram, como os filhos podem nos ensinar, quando nós os ESCUTAMOS!!! MARAVILHA!!! Sou mãe de três e como eu os agradeço, por tudo que eles me ensinaram e me ensinam… É uma escola no lar!!!
    Beijos e Feliz Natal e Ano Novo para uma linda família.

  7. Jeanine 15 de dezembro de 2009 at 19:57 Responder

    Alô família, ao quadrado

    Que bom que vocês, como pais, já descobriram, como os filhos podem nos ensinar, quando nós os ESCUTAMOS!!! MARAVILHA!!! Sou mãe de três e como eu os agradeço, por tudo que eles me ensinaram e me ensinam… É uma escola no lar!!!
    Beijos e Feliz Natal e Ano Novo para uma linda família.

Deixe uma resposta